Espaço para informação, reflexão e debate sobre História Geral e do Brasil com alunos, colegas e amigos.
Resumos, esboços, dicas e atividades.

Tesouro no Egito


Roberto e Kátia são um casal de arqueólogos brasileiros que se conheceram no Egito. Anos depois, resolveram levar os filhos para visitar a terra das pirâmides. LinkMas uma simples viagem de férias acaba se tornando a maior aventura de suas vidas.
Uma história de amor, descobertas e desafios. Acima de tudo, descubra qual foi o "tesouro" que fez com que o egípcio Menkhep abandonasse seu povo e seus deuses. Inicie já a leitura e boa viagem!
O livro Tessouro no Egito você encontra neste link: Livraria Adventista

Leia Mais?

Limeira - Berço da Imigração Européia


Em 1846 Senador Vergueiro, proprietário da fazenda Ibicaba, na região de Limeira, fundou a Vergueiro e Cia., firma especializada em imigração e contratou 364 famílias suiças e alemãs, que foram instaladas na fazenda para trabalharem na lavoura de café. Os colonos, que chegaram em 1847, passaram a trabalhar em sistema de parceria. Onde o proprietário da terra entra com o capital, terras, plantações, etc. E o lavrador com o trabalho, o lucro líquido, isto é, reduzido as despezas como o uso do terreiro, beneficiamento, secagem, transporte, armazenagem, comissões de corretagem, entre outras, era dividido em partes iguais. Mas o trabalhador já chegava com uma dívida, pois devia pagar as despezas com a viagem, e ainda moradia, médico, alimentação, ferramentas, e tudo que precisasse era vendido na venda da fazenda e entrando como débito em sua conta enquanto não produzia. E quando ia receber o lucro da produção descontadas as despezas e mais o débito em sua conta, muitas vezes percebia que ainda ficava devendo, e ntinha que trabalhar muito para pagar sua dívido e não tinha como voltar para a Europa. Assim, a vida dos primeiros imigrantes no Brasil, não era nada fácil. Tanto que na fazenda Ibicaba aconteceu uma revolta dos colonos, liderada por um colono suíço chamado Thomas Davatz, ele e alguns outros voltaram para a Europa e tentavam convencer os imigrantes a não viajarem, mas a propaganda dos agenciadores era grande e cada vez mais chegavam trabalhadores para as lavouras de café, e assim o trabalho escravo foi sendo substituído pelo do colono imigrante.






Leia Mais?

Dicas de estudo

PARA OBTER UM MELHOR RESULTADO AO ESTUDAR:


1. Tomar notas: -é a melhor técnica para guardar informações; e é fundamental que sua anotações sejam organizadas. Também não é preciso escrever tudo o que você lê ou ouve, então leve em conta que suas anotações: sejam resumidas, claras e legíveis.
2. Durante a aula: Cada matéria tem suas características próprias, mas em geral:
*Colabore para o bom andamento da aula.
*Participe e faça as atividades
*Pergunte
*Tome notas, use seu caderno ou fichário.
*Agende os compromissos (provas, trabalhos, etc)
3. Leitura: Encare a leitura não como uma tarefa ou obrigação, mas como um prazer, uma oportunidade de aprender. Procure um ambiente tranqüilo, releia se não entender, não interrompa a toda hora, sublinhe e faça anotações (se o livro for seu).
4. Não se esqueça das tarefas e de rever o conteúdo estudado nas aulas. Não espere apenas pela escola ou pelo professor; um bom aluno se faz.
5. Escreva: Somente escrevendo é que você vai aprender a escrever, e redação não é apenas para o vestibular, para viver bem neste mundo é preciso se comunicar bem.
6. Estudando para as provas: Informe-se com o professor qual a melhor maneira de estudar para sua matéria. Dicas gerais:
* Nas matérias de exatas, matemática por exemplo, não adianta ficar lendo o livro é preciso colocar a mão na massa, refaça os exercícios.
* Nas matérias de humanas: grife, faça resumos, mapas mentais; vale muito mais a pena do que ficar lendo inúmeras vezes o mesmo texto. Tente compreender o conteúdo e não decorar.
* Explique para seus colegas ou para sua mãe, ou qualquer outra pessoa, quando você ensina você aprende.
7. Na hora da prova:
* Relaxe, respire fundo e se acalme, o que você estudou, estudou, não adianta se apavorar.
* Vá fazendo as questões que você sabe melhor, se você não estiver conseguindo fazer alguma pule e volt nela no final.
* Escreva de forma legível e compreensível, além de organizar bem a prova; se o professor ou corretor não entender o que você escreveu, a questão está perdida.

Leia Mais?

Objetos que viraram História

Muita gente acredita que os jornais impressos desaparecerão nas próximas décadas, ou que o relógio de pulso logo não será mais usado. Veja a seguir alguns objetos que foram aposentados nos últimos anos por conta das novas tecnologias:


Celular “tijolão”
O primeiro modelo de celular foi criado em 1979 pela Ericsson. Eles eram enormes e basicamente só serviam para telefonar. Somente em meados dos anos 90 os celulares tornaram-se menores e mais modernos.


Ficha Telefônica
A ficha telefônica era usada para falar nos telefones públicos - os famosos orelhões - antes da invenção dos cartões telefônicos. A ficha era uma espécie de moeda que, depois de inserida no aparelho, resultava em 3 minutos de ligação. Foi daí que nasceu a expressão “cair a ficha”.


Máquina fotográfica analógica
Você lembra do tempo que tirar fotos era sinônimo de comprar rolos de filmes de 12, 24 ou 36 poses? Pior era esperar a revelação para ver se a foto tinha ficado boa. Esse drama acabou quando as máquinas digitais se tornaram mais baratas e populares.


Máquina de escrever
O primeiro registro de patente de uma “máquina artificial para impressão de letras” data de 1714, apresentado pelo inglês Henry Mill. O invento passou por várias atualizações e pegou de vez em 1910, quando o italiano Camilo Olivetti lançou o modelo que leva seu nome. Outra coisa que sumiu depois que os computadores substituíram as máquinas de escrever foram os cursos de datilografia.


Telegrama
O telégrafo usava a eletricidade para enviar mensagens através do código morse.


Fax
O primeiro aparelho surgiu em 1947 - a ideia de transmitir material gráfico à distância existia desde 1843. Nos anos 70, o sistema de fac-símile foi implantado no Japão. O fax fez sucesso até que a popularização da Internet e dos computadores pessoais tirou o aparelho de cena. Não que esteja em completo desuso, mas em comparação há alguns anos usa-se muito pouco.


Fita VHS
O primeiro aparelho de videocassete foi lançado pela Sony em junho de 1969. Os filmes eram transmitidos em VHS - fitas magnéticas de 13 milímetros de espessura. Um dos inconvenientes era que a fita precisava ser rebobinada depois de assistida - coisa que a geração DVD nunca vai entender.


Disquete
Inicialmente ele tinha 8 polegadas. O disquete foi inventado pela IBM em 1967. Depois, evoluiu e diminuiu de tamanho. O último disquete a fazer sucesso media cerca de 3,25 polegadas e comportava 1,44 megabytes. A popularização do CDs e DVDs graváveis e, mais atualmente, o pen driver - com capacidade de armazenamento de dados quase mil vezes maior - mandou os disquetes definitivamente para o fundo da gaveta.


Leia Mais?

O que ele viu na Grécia


Daxos e Heléia são adolescentes gregos. Ele é espartano cego desde a infância. Ela é ateniense. Em meio a muitas aventuras, Daxos procura uma oportunidade de pedir Heléia em namoro. Ele descobre que a verdadeira cegueira não é aquela que impede os olhos de ver, mas a que impede a razão de aceitar e o coração de sentir.
Encontre este livro no link: Livraria Adventista

Leia Mais?

Grécia - o país

A civilização helenística representa os primórdios de nossa cultura. Quem somos, como vemos o mundo, como e o que pensamos, como fazemos arte, toda a nossa cultura Ocidental foi profundamente influenciada pelos gregos antigos. Antes de estudarmos sobre a antiga civilização grega vamos ter uma idéia sobre como é o país hoje e como vivem os gregos, neste dinâmico vídeo:


video

Veja também jogos sobre a Grécia que você pode jogar online.

E ainda: O que ele viu na Grécia

Leia Mais?

Populismo no Brasil - 1945-1964 - Presidentes

Estilo de governo (1945-1964), em que os presidentes eram sensíveis as pressões das massas, e ao mesmo tempo tentavam manipulá-las. Fortalecido pela personalidade de presidentes paternalistas e autoritários, contornavam os conflitos sociais garantindo direitos aos trabalhadores. Período de crescimento urbano, industrialização e corporativismo.

EURICO GASPAR DUTRA - 1946-1949 – PSD (Partido Social Democrático)
•Convocou Assembléia Constituinte – 320 deputados de diferentes partidos.
•Ver Constituição de 1946 na p. 117
•Dificuldades econômicas – dependência de capital estrangeiro.
•Plano de investimento social – SALTE
•Sob influência norte-americana extinguiu o PC(Partido Comunista) e cassou os mandatos de comunistas.
•Criação da Escola Superior da Guerra, para preparar líderes militares para combater o comunismo.


GETÚLIO VARGAS - 1950-1954

•Eleito com 48,7% dos votos, voltando como prometido, nos braços do povo.
•De início moderado, admitindo a participação de diversos partidos no poder, estava assimilando as iniciativas liberais.
•Inflação e desemprego
•Greves e manifestações.
•Nacionalismo: Criação do BNDE (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico), monopólio estatal do petróleo, aumento do salário em 100%, tentativa de minimizar a dependência do capital estrangeiro.
•Enfrenta oposição, que o tacha de comunista. Se suicida em 24/08/1954. (Ver p.119 e 120)

CAFÉ FILHO - Vice de Vargas que assumiu o poder em 1954-55. Procurou cumprir o calendário eleitoral, e o plano de governo de Vargas.

JUCELINO KUBIJSCHECK - 1956-1960 - PSD-PTB (Partido Trabalhista Brasileiro)

•Ênfase no desenvolvimento econômico da nação, principalmente indústria e urbanização.
•Lema: “50 anos em 5 de mandato”
•Plano de metas: Privilegiava os setores de energia, transporte, alimentação, indústria e educação. Uso de capital estrangeiro e incentivo às multinacionais
•Desenvolvimento da indústria: a passos largos, principalmente indústria de base e bens duráveis
•Setor agrário sofre declínio da produtividade.
•Urbanização do país e construção de Brasília
•Relativa paz entre nacionalistas e liberais.
•Modificações na sociedade brasileira: Crescimento das cidades em função da necessidade de mão-de-obra, aumento do consumo e confortos da vida moderna, aumento da diferença social e má distribuição de renda (Nordeste x Sudeste, também), Dívida externa e inflação.


JANIO QUADROS - 1961 - UND-PTN

- Personalidade marcante
- Prometia varrer a corrupção do país
- De comportamento simples, ternos amarrotados, barba por fazer, carregava um sanduiche no bolso.
- Mas falava em termos rebuscados
- Seu governo foi um desastre, não consultava seu partido e não tinha apoio no Congresso.
- Seguia o modelo imposto pelo FMI: diminuir gastos sociais, congelar salários, restringir o crédito, e valorização do cruzeiro.
- Gerou alto custo de vida e inflação.
- Como tentativa de manobra, devido a oposição que enfrentava, renunciou o cargo de presidente.


JOÃO GOULART - JANGO - 1962-1964

- Tido como esquerdista, enfrentou problemas para assumir quando Jânio renunciou, não estava no Brasil.
- O Brasil foi transformado em Parlamentarista, e assim o poder do presidente teve seu poder limitado.
- Houveram manifestações primeiro para garantir sua posse, depois contra o Parlamentarismo.
- Depois de um plebiscito nacional, o Brasil volta a ser presidencialista.
- Propostas de governo: Reforma agrária, limitação do capital estrangeiro, reorganização do sistema de crédito, mais participação popular, reforma tributária.
- Os setores de direita, e os grandes proprietários sentiram-se ameaçados pelas propostas e aliaram-se ao exército para um golpe de estado com o apoio da classe média, militares assumiram a direção do país, numa ditadura que durou 21 anos.

Leia Mais?